CONTRIBUINDO PARA A CONSERVAÇÃO
E A DISSEMINAÇÃO DO LEGADO CULTURAL E ARTÍSTICO DO BRASIL

imagem borda

O INSTITUTO

O Instituto Cultural J. Safra nasceu do fortíssimo elo da família Safra com a arte, a cultura e a filantropia.
Sua principal missão é contribuir para a conservação e a disseminação do notável patrimônio cultural e artístico do Brasil.

 

Este compromisso é concretizado por meio de ações como a publicação da coleção Museus Brasileiros, a doação de obras de arte, o patrocínio de exposições, a restauração de construções históricas, entre outros.

Estas atividades, inclusive, renderam contribuições históricas, como o patrocínio à exposição Brésil Baroque, que representou nossa arte barroca na capital francesa, e à icônica mostra A Arte Desnatural do Jardim do paisagista Roberto Burle Marx no MoMa, Museu de Arte Moderna de Nova York.

Outras foram precursoras na Pinacoteca do estado de São Paulo. O ciclo dos grandes escultores franceses (Auguste Rodin, Aristide Maillol e Camille Claudel) foi um dos primeiros a registrar longas – e hoje habituais – filas de visitantes. O Quinta Musical também merece destaque como um dos primeiros festivais difusores de música clássica e aberto ao público, realizado, na época, toda quinta-feira no saguão do Banco Safra, na Avenida Paulista.

O Instituto Cultural J. Safra é uma entidade sem fins lucrativos fomentadora de projetos próprios e/ou apoiados pelo Ministério da Cultura que promove não somente a produção da arte, mas também a formação do seu produtor, a sua propagação e consequente preservação.

O comprometimento do Instituto é validado pelo zelo de uma família cuja história secular uniu sua atividade-fim com a cultura. Sendo esta a maior garantia para a contribuição para um futuro em que a arte seja cada vez mais popular.

 

imagem borda

COLEÇÃO
MUSEUS BRASILEIROS

Nos últimos 36 anos, o Instituto publicou 39 edições que catalogam e valorizam o acervo e as instalações dos principais museus do Brasil. Na época, eram praticamente inexistentes as publicações com este propósito. Por isso, a série Museus Brasileiros é considerada inovadora por museólogos, pesquisadores, professores e apreciadores de arte em geral – tendo recebido até mesmo o Grande Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

Com mais de 500 mil cópias impressas, a coleção começou com seu primeiro volume dedicado a um dos mais importantes museus da América Latina, o MASP, e abordou instituições como o Museu Nacional UFRJ, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu da Inconfidência, entre outros.

 

COLEÇÃO <br /> MUSEUS BRASILEIROS

Algumas edições

imagem borda

PROJETOS /
PARCERIAS

Conheça projetos e parcerias que o Instituto apoiou ao longo de sua história.

imagem borda